Nouvelle York

Quando a garçonete serviu pão e manteiga, enchendo os dois copos da mesa com água da torneira, sem custo, já estava claro que estar naquele ambiente na Park Avenue era como trocar temporariamente Nova York por Paris. No Les Halles, único restaurante cheio pouco antes das 13h do último domingo de janeiro de 2010, a comida americana ganha um perfil bem francês, como os próprios símbolo e slogan do lugar, um boi e uma vaca dando um beijo de língua: Carne americana, estilo francês.

O motivo de o restaurante estar cheio era o perfil pop do lugar. O chef idealizador dele é Anthony Bourdain, escritor celebridade que aparece regularmente em programas de TV, viajando o mundo e experimentando algumas das melhores comidas que há, tudo com um texto impressionantemente bem redigido. Ele não aparece por lá, mas já apareceu suficientemente mais na TV e em livrarias para atrair clientes locais, turistas internos e internacionais.

Naquele início de tarde de domingo, havia três opções principais: experimentar o famoso Hambúrguer Rossini (por U$ 20), um sanduíchão coberto com foie gras acompanhado com as batatas fritas que o chef diz serem as melhores do mundo; encarar o brunch local, uma tradição novaiorquina nos finais de semana, misturando café da manhã e almoço (por U$ 17, com suco de laranja à vontade); ou encarar o NYRW, New York Restaurant Week, onde uma refeição completa é oferecida a preços mais acessíveis (U$ 24,07). O sanduíche e o brunch continuariam e o cardápio da semana de promoção no Les Halles era atraente e o preço, bom, decidindo a questão.

O   menu tinha duas opções igualmente atraentes. De entrada era ou vol au vent de cogumelos selvagens com salsifis (cercefi), com um ótimo sabor de cebola caramelizada, ou croquette de crabe, um bolinho de carne de siri crocante por fora e bem leve por dentro. Os pratos principais eram o boeuf bourguignon mais macio da mundo, com um molho encorpado e legumes cozidos perfeitamente ou um filé de raia com molho de limão. As sobremesas eram crème brülée de café e um excepcional pudim de pão. Todos os pratos estavam deliciosos, servidos de forma perfeita e com ótimo tamanho.

Esta foi a primeira grande refeição em Nova York, um presente do padrinho antes da viagem. Junto com um vinho de Bordeaux, seleção da casa, custou U$ 95, sem a gorjeta. Não chega a ser exatamente barato, mas o preço dos vinhos, todos acima de US$ 36, aumenta a conta final, que ficaria muito mais acessível, para uma comida forade série. Há ainda uma série de promoções em que os preços ficam ainda mais baixos.

Fora da semana de restaurantes, o Les Halles tem preços abaixo de U$ 20 por prato, em média. Oferece cozinha francesa tradicional e alguma adaptações como o hambúrguer. O restaurante tem dois endereços em Nova York, além de outro em Miami e mais um em Washington DC.

Quando visitou o Brasil, Bourdain disse que São Paulo dava a impressão de ser uma mistura entre Nova York e Los Angeles – “como se Los Angeles tivesse vomitado em Nova York”. Em um dos seus livros, Cozinha Confidencial, Bourdain conta um pouco da história da sua formação de chef, passando por treinamentos e contando os segredos de grandes cozinhas que o levaram ao ponto em que está hoje. Fortemente ligado às culturas norte-americana e francesa, ele juntou os dois no Les Halles, que tem o nome do centro de venda de alimentos das cidades francesas.

Anúncios

3 Respostas para “Nouvelle York

  1. Tudo no Les Hales é bom.
    Mesmo sendo uma coisa aparentemente “besta” de se pedir tendo como opção as outras delícias do cardápio, não deixe de provar as batatas fritas premiadas do A. Bourdain quando resolver voltar lá.

    Boa sorte aí em NY.

    bjs,

  2. Ops, Les HaLLes.

    😉

  3. Pingback: Ovos benditos no brunch « Monstro na Cozinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s