Caldos da marmota Phil

Copinhos de sopa para o intenso inverno

Phil, a marmota da Pensilvânia que já inspirou o cinema e que atrai a atenção de boa parte do planeta no dia 2 de fevereiro de todo ano trouxe notícias difíceis nesta terça-feira. A temperatura em torno dos 0º nas ruas de Nova York deve continuar por mais seis semanas junto com o inverno em todo o hemisfério norte do planeta. Segundo a tradição de mais de cem anos, o fato de Phil ter visto sua própria sombra na pequena cidade de Punxsutawney indica um inverno mais longo, por mais que digam que ela nem sempre acerta.

Além da marmota do filme “Feitiço do tempo”, O “New York Times” trouxe uma avaliação semelhante por parte de Steve Fybish, apresentado pelo jornal como “marmota humana”. Segundo ele, as estatísticas permitem dizer que ainda vai nevar muito neste mês de fevereiro em Nova York. A previsão do tempo na TV confirma, e pelo menos 5 cm de neve devem cair entre hoje e amanhã.

Para combater este frio, que dava sensação térmica de -16ºC no sábado à noite e doía nas orelhas e no rosto (únicas partes expostas ao ar), a comida pode ser uma das armas pela sobrevivência. Por mais óbvio que possa parecer, poucas coisas dão um conforto tão grande para o corpo quanto caldos e sopas.

Por toda a cidade há pequenos restaurantes que oferecem os caldos em pequenos potes portáteis desde o final da manhã até a noite, incluindo os que normalmente se especializam em outros tipos de comida e até mesmo mercadinhos oferecem as sopas prontas. As filas são um exemplo do que Seinfeld mostrou na época do Soup Nazi (ele mesmo, um personagem real na cidade). Dezenas de pessoas aguardam sua vez, fazem o pedido (previamente pensado), passa para o lado do balcão, recebe sua porção e sai para pagar.

O Monstro experimentou dois sabores oferecidos pela rede Hale and Hearty, fundada em 1995 e que tem 20 restaurantes somente em Manhattan. Ao meio dia, a fila era grande, mas andava rapidamente, e a pressa fazia com que a maioria dos clientes pedisse as suas porções para levar, deixando espaço para comer no próprio local.

Os sabores escolhidos foram Autumn Minestrone, um caldo de legumes com feijão e massa que estava muito bom, e o delicioso Loaded Baked Potato, encorpado caldo de batata com outros legumes e bacon. Além deles, havia pelo menos outros 15 sabores para esquentar o almoço no frio. As sopas podem ser servidas em três tamanhos, de pequeno (em torno de U$ 4), médio (U$ 6, em média, e o suficiente para servir como refeição), e grande (acima de US$ 7).

A sopa vem acompanhada por uma fatia de um bom pão, ou com bolachinhas. O restaurante ainda oferece água gratuitamente. O sistema é bem fast food, mas com um pouco mais de alma e gosto de casa de que se pode pensar. Não chega a ser um dos caldos escolhidos como melhores da cidade, mas são mais fáceis de achar, rápidos e que ajudam a aquecer no inverno.

Anúncios

Uma resposta para “Caldos da marmota Phil

  1. Pelo que eu vi até agora você esta comendo muito bem nos estados unidos.Todo mundo que eu conheço que ja foi lá fala que a comida é horrivel.Que inveja ,meu sonho era ir ai e fazer o que voce ta fazendo.Uma dica;vai em um restaurante que o anthony bourdain e o andrew zimmern foram que o cozinheiro tem descendencia egipcia e serve todos os tipos de miudos e visceras.Abraços curto muito seu trabalho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s