Supermercado em conta

Depois da agradável surpresa de descobrir o Whole Foods, um pequeno supermercado de comida de verdade, especialmente orgânicos, em plena Nova York, quase na esquina de casa, outros lugares com propostas interessantes começaram a aparecer enquanto a cidade foi sendo descoberta, permitindo ter mais opções e baixar os custos da alimentação em casa.

De volta das primeiras compras no Trader Joe's

A principal delas curiosamente fica na mesma rua do Whole Foods em Downtown, no East Village, ainda mais perto de casa. É o Trader Joe’s, que antes mesmo de ser visitado já tinha sido apresentado em uma conversa com outros brasileiros como sendo um lugar mais barato e com uma proposta mais interessante.

Em vez de buscar apenas os produtos orgânicos e naturais, como a proposta do Whole Foods, o Trader Joe’s se propõe a fazer uma negociação um tanto diferente. Ele busca produtos naturais, locais e sem intermediários, simplificando o processo de compra e baixando os preços – Até a equipe de funcionários trabalha como se fossem voluntários, sem a escala de exploração tradicional.

A loja da rua 14 foi a primeira da rede em Mahattan e só foi inaugurada em 2006. É ela a visitada com frequencia desde que foi descoberta e é relativamente pequena e tem menos opções de comidas já prontas de que o concorrente Whole Foods. Tem em torno de 6 ou 7 corredores, com verduras, algumas frutas, carnes, laticínios, cervejas, muitas coisas com marca do próprio mercadinho, cara mais simples e tudo com preços aparentemente mais baixos.

O primeiro trader Joe’s do país foi fundado em Pasadena, na Califórnia, em 1967. Desde uma década já existia a Pronto Market, loja de conveniência que deu origem ao supermercado. Em vez de crescer com a mesma proposta, ficando parecida com o que é hoje a Duane Reade, a loja refinou seu projeto se tornando um exemplo de supermercado “sustentável”.

Além do mercado principal, logo ao lado dele fica a loja de vinhos da mesma marca, onde é possível encontrar uma ótima variedade de vinhos californianos e de outros países (nenhum do Brasil, mas alguns do Chile e da Argentina) a preços bem acessíveis (vários bons por menos de US$ 10).

Na primeira visita ao Trader Joe’s principal, comprou-se comida para tornar comum o hábito de fazer refeições em casa. Carnes, saladas, tudo para ter uma alimentação mais saudável. As compras da foto saíram por menos de US$ 50 e foram origem de quase uma dezena de refeições para duas pessoas. A primeira delas, mais simples e rápida, foi uma salada acompanhada por frango refogado com um molho pronto de pimenta do reino.

Leia também:
Site oficial do Trader Joe’s

Cozinha natural – a visita ao Whole Foods

Anúncios

3 Respostas para “Supermercado em conta

  1. Pingback: Além do macarrão « Monstro na Cozinha

  2. Pingback: Frozen mac « Monstro na Cozinha

  3. Pingback: Sushis ‘caseiros’ « Monstro na Cozinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s