Pequeno almoço

É fim de semana. Acorda-se tarde, com uma sensação misturada de preguiça e empolgação, vontade de não fazer nada, mas de aproveitar o tempo livre. Em Nova York, é a hora do brunch, refeição intermediária entre café da manhã e almoço, quando o desjejum vem mais tarde de que nos dias úteis, e mais carregado. Come-se muito, e bem, em uma longa refeição que é um evento. Um dos mais respeitados e tradicionais por toda a cidade.

Café, mimosa (suco de laranja com espumante) e batatas fritas, combinação de brunch no Brooklyn

O movimento começa a animar por volta das 11h de sábado e domingo, quando as pessoas saem de casa em grandes grupos e partem rumo aos bares e restaurantes da cidade. O cardápio é variado, e costuma começar com café, suco de laranja, ovos preparados de formas variadas, sanduíches e mesmo carnes. Também costuma ser acompanhado pelos coqueteis clássicos do Brunch, incluindo misturas de sucos com espumantes, como a mimosa, feita com suco de laranja.

Po'boy de ostras, sanduíche sem graça do Juliette

Até depois as 15h os restaurantes ainda estão cheios e servindo este “pequeno almoço”, como diriam os portugueses. Por mais simples que costumem ser os pratos típicos do brunch, há grande disputa nas listas das revistas locais, que indicam sempre os que consideram os melhores da cidade. E há os alternativos também, considerando  que os “melhores”, como o tradicional Balthazar, ficam sempre lotados e com fila, as revistas indicam onde comer bem ali por perto. O mais importante, entretanto, é que quase todos os restaurantes de Nova York participam dessa tradição, então é impossível não achar um lugar agradável e com comida boa para um brunch, mesmo que não se consiga a mesa nos locais mais badalados da cidade.

huevos rancheros do Juliette, com pimenta demais

O termo brunch surgiu como gíria na Inglaterra, no final do século XIX, segundo o dicionário etimológico. Ele teria sido divulgado por um escritor, que elogiava o hábito de longa refeição de meio do dia. Mas há quem conteste a versão, alegando que o termo foi criado por um jornalista nova-iorquino no início do século XX.

Um dos primeiros brunchs de que o Monstro participou foi em Williamsburg, no Brooklyn, com uma prima que mora do outro lado do East River, região bem tranquila num início de tarde de sábado. O clima  no Juliette era típico desse momento de alegria e preguiça de fim de semana. Depois de café e mimosa, com batatas fritas para amenizar a fome, os pedidos vieram um tanto decepcionantes.

O Po’boy de ostras, sanduíche no modelo de Nova Orleans, com ciabata e frutos do mar empanados, estava seco e sem graça (quase impossível sentir o gosto de ostras). O prato da esposa, huevos rancheros excessivamente apimentados, também decepcionou. A refeição acabou custando US$ 30 por pessoa (cada mimosa custa em torno de U$8)), mas tudo valeu por este clima sem pressa e animado do brunch de fim de semana.

Ótimo omelete de salmão do Café Orlin

Uma semana depois, quando o inverno já tinha começado a amenizar as temperaturas em Nova York, o Café Orlin, no East Village, atraiu mais umavez por conta do clima descontraído, já com mesas na calçada.

Dessa vez os pedidos foram bem acertados. Dois omeletes de salmão, com os ovovs recheados de salmão defumado e cream cheese, além de pepino, acompanhado por torradas, salada e batatas refogadas. Os preços no Orlin são bem mais baixos. Duas pessoas conseguem comer, tomar café e suco, tudo por menos de US$ 30 – mas sem contar as bebidas com álcool.

Como dito, é uma refeição bem pesada para ser a primeira do dia, mas é interessante juntar comidas mais comuns do desjejum em versões mais caprichadas no almoço.

Serviço:
Juliette
135 North 5th St
Williamsburg, Brooklyn
718-388-9222

Café Orlin
41 St. Marks Pl.
212-777-1447

Leia também:
Página especial da Time Out sobre Brunch em NYC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s