Parque de diversões para adultos

Primo pobre de Manhattan, o Brooklyn está na moda em Nova York. O bairro que fica do lado oposto do rio Leste já foi sinônimo de violência e pobreza, mas atualmente é apontado como principal ponto de produção de cultura jovem, disputando com a ilha central da cidade em música, moda e gastronomia – tanto que a revista “Time Out” deu uma capa para a disputa entre os dois bairros. É lá, pertinho do rio, em ruas mais silenciosas e tranquilas de Williamsburg, que é produzida a terceira cerveja mais popular de Nova York, a Brooklyn Lager.

A porta da pequena cervejaria do Brooklyn

A cerveja mais encorpada e de sabor mais complexo de que os chopps mais tradicionais pode ser encontrada em quase todos os bares da cidade a preços normais (Em Manhattan, fora do Happy Hour, isso significa entre U$ 5 e U$ 6 por copo de meio litro). Ela começou a ser produzida na região somente em 1996, fruto do trabalho de um ex-correspondente da Associated Press no Oriente Médio, que aprendeu a fazer cerveja pela impossibilidade de comprar pronta em países muçulmanos. Apesar de nova, ela já é uma das 40 maiores dos Estados Unidos, exportando para mais de uma dezena de outros lugares (o Brasil é um dos próximos, dizem).

O bar interno oferece dez tipos diferentes de cervejas produzidas ali por preços bem módicos

Depois da Stella Artois e da Guinness, a Brooklyn é a terceira cerveja tipo chopp (tirada na pressão) mais vendida na cidade, bem à frente da Budweiser, por exemplo. Isso faz parte da valorização de uma busca por qualidade das cervejas, mas também de um apreço pela produção local, em microcervejarias, em detrimento das bebidas feitas de forma massificada.

Tonéis em que as cervejas são fabricadas. Todo o processo leva cerca de duas semanas

Por mais que a cerveja possa ser encontrada em quase todos os lugares de Nova York, é lá mesmo onde ela é produzida que está o parque de diversões para adultos. A Brooklyn Brewery abre as portas para visitas de sexta a domingo, oferecendo um “passeio” pela cervejaria e um galpão montado como um bar para passar horas experimentando cada tipo de cerveja diferente produzida ali a preços promocionais.

Parede de dentro da área do bar, decorada com cervejas vazias

O passeio é bem interessante, por mais que seja irônico. Os visitantes são convidados a andar uma dezena de metros até a sala em que está a maior parte dos tonéis em que é fabricada a cerveja, onde o diretor de marketing da empresa, que minutos antes vendia a bebida no balcão do bar, conta a história da cervejaria e responde a perguntas, sempre com um copo na mão. O passeio é simples, mas o melhor é que é gratuito, então torna a visita ao local mais interessante.

No bar, as cervejas custam U$ 4 ou podem ser compradas em pacotes de 6 por U$ 20, que deixa ela bem mais barata de que nos bares tradicionais. Além disso, na fábrica há mais opções de sabores de cerveja, incluindo opções mais escuras, feitas com trigo e edições especiais.

Não há opções de comida, entretanto, mas muita gente encara o passeio pela cervejaria como um piquenique, levando comidas para passar a tarde do fim de semana lá, tomando cervejas “fresquinhas”, recém saídas do forno.

Por mais que seja o estereótipo do casal machista, bem em frente à cervejaria fica um dos principais brechós da região, o Beacon’s Closet, e não é raro ver o homem ir tomar cervejas enquanto espera a mulher fazer compras na loja em frente.

Serviço:
The Brooklyn Brewery
#1 Brewers Row
79 North 11th Street
Brooklyn, NY 11211
Tel: (718) 486-7422

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s