Bolinhos de chuva recheados com biscoito

Com a chegada  da temporada de feiras livres nos fins de semana da cidade, que acompanha o clima que começa a esquentar, as ruas são tomadas por uma mini volta ao mundo gastronômica. No último domingo, quando a Broadway foi fechada entre as ruas 6th e 14th para um desses eventos, o passeio rápido permitiu ver comida tailandesa, italiana, grega, árabe, barracas de frutas, de nozes, de pipoca, de milho e de doces. A representação mais americana dessas feiras, além da natural mistura, é a das frituras.

Feira de rua na Broadway em Downtown

Sempre vale garimpar para tentar encontrar coisas diferentes, boas e interessantes.

Sanduíches gregos na feira de rua

Na desta semana, a principal “descoberta” foram os oreos fritos, que são bolinhos de chuva recheados com biscoitos tipo negresco. O oreo é um dos biscoitos mais populares do país e há uma verdadeira adoração cultural relacionada a ele, gerando receitas que os usam como base, discussões sobre quem molho ele em leite ou não, debates sobre retirar o recheio para comer separado. É comum ver lanchonetes e restaurantes usarem o biscoito como referência ou como base em receitas.

A barraca italiana em que o biscoito é servido frito

A barraca supostamente italiana se especializava em frituras de forma geral, e oferecia supostas calzones (de massa frita), zepoles (massa frita sem nada, como bolinhos de chuva), Funnel cakes (massa frita em forma de ninho) e os oreos fritos (massa frita com biscoito dentro). Um mini pacote do biscoito é aberto na hora, eles são mergulhados na massa usada para quase tudo ali e fritos na hora, rapidamente, para serem servidos quentes.

A porção de biscoitos fritos em massa de bolinho de chuva, cobertos com açúcar de confeiteiro

A porção com seis bolinhos custa U$ 5, e é uma das alternativas menos enjoativas dessas maluquices fritas que eles inventam. O biscoito amolece um pouco, mas mantém uma textura que se diferencia do resto da massa. A vantagem é que, em comparação com chocolates empanados, por exemplo, os oreos são pouco doces, então é possível comer sem enjoar demais.

Um dos biscoitos tentando fugir da massa

A pequena porção é suficiente para duas pessoas, e a melhor coisa a fazer é comprar e encostar em algum lugar para comer junto om um copo de café, que fará um contraste delicioso.

Por dentro de um oreo frito em massa de bolinho de chuva

Barraca com frituras bem americanas (galinha, batatas, salsichas, queijo, cebola e camarão) com porções de U$ 7

Barraca especializada em nozes

Barraca de pipoca

Chocolates

As feiras seguem na idade até outubro. Além de comidas, há muitas barracas com roupas, suvenires, quadros, obras de arte, coisas que distraem os olhos enquanto se come. A cada edição das feiras o número e o tipo de barracas muda, então a graça é descobrir coisas novas e diferentes a cada dia.

Leia mais sobre elas aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s