Dogão centenário

Coney Island pode ter se tornado uma praia decadente, mas a gastronomia americana tem uma dívida eterna com o balneário do Brooklyn. Foi ali, diz-se, que surgiu o cachorro-quente como os Estados Unidos espalharam pelo mundo.

Cachorros-quentes de Nathan's, o ponto mais antigo a vender esses sanduíches nos Estados Unidos

Não é que os americanos tenham sido inventores de lingüiças e salsichas, há tempos comidas na Europa, e até mesmo preparadas com pães. A diferença estava na forma de servir e comer. Em 1867, um açougueiro alemão que vivia em Nova York, Charles Feltman, abriu sua primeira lojinha dessas sanduíches, servindo as salsichas alemãs grelhadas e dentro de um pãozinho francês. A invenção fez sucesso exatamente pela praticidade, e Feltman vendeu quase 4 mil salsichas somente no primeiro ano da invenção, que se popularizou e gerou centenas de imitações e concorrentes.

A lanchonete ocupa uma esquina junto à praia logo na saída da estação Coney Island do metrô

Em 1880, com os sanduíches se espalhando pelo país, um outro imigrante alemão criou o pãozinho especial para comer com salsichas no Missouri. Na época o sanduíche ainda se chamava Red Hot. Antes do fim do século os americanos já popularizavam o nome de cachorro quente, como ironia por conta da origem duvidosa da carne das salsichas.

O Nathan's vive cheio, mas a lanchonete é grande e não fica com muitas filas

Um ex-funcionário de Feltman foi um dos que seguiram o exemplo do chefe e montaram concorrência. Em 1916, o imigrante polonês Nathan Handwreker abriu a sua lojinha de cachorros quentes em Coney Island, servindo salsichas preparadas por sua mulher. O Nathan’s se consagrou por sua qualidade e pelo marketing competente, e hoje é reconhecido como a lanchonete especializada em hot dogs mais antiga no país.

O hot dog simples vem assim, só com pão e salsicha

O Nathan’s orignal cresceu muito, e continua funcionando na mesma esquina da praia do Brooklyn, logo na saída da estação do metrô Coney Island. A marca se espalhou por outros pontos de Nova York, pode ser encontrada em qualquer lugar dos Estados Unidos e é servida até mesmo em estádios de beisebol, mas todos os dias, milhares de pessoas de todo o país viajam até o local para experimentar o “famoso” hot dog, servido simples, com mostarda, ou com molhos e bacon.

Longos balcões oferecem apoio para comer, catchup, mostarda e guardanapos

O Monstro visitou o ponto histórico em Coney island. Era domingo por volta da hora do almoço e a lanchonete estava bem cheia, mas sem muitas filas, pois há dúzias de caixas prontos para dar conta da demanda. Comeu um cachorro-quente do mais simples, somente com a linguiça tipo frankfurt grelhada e colocada dentro do pãozinho quente. Cada sanduíche pequeno custa U$ 3, mas de fato o cachorro-quente é melhor de que o servido na maioria das barraquinhas de rua de Nova York.

A barraca menor que eles montaram na beira da praia

Uma das coisas que mais ajudou o Nathan’s a se popularizar é que ali é organizado anualmente uma das mais importantes competições de comida do país. Todo 4 de julho, durante a comemoração da independência americana, glutões se reúnem em Coney Island para ver quem consegue comer mais cachorros-quentes de uma vez só.

Outdoor faz a contagem regressiva para o próximo concurso de quem come mais hot dogs

A loja do Nathan’s atualmente tem um cardápio bem variado, que inclui ainda hambúrgueres e frituras. Eles abriram ainda um estande menor da lanchonete no calçadão em frente à praia. Considerando a falta de bons lugares para se comer em Coney Island, experimentar um cachorro-quente centenário vale como refeição e como passeio histórico pela praia nova-iorquina.

Serviço:
Nathan’s Famous
1310 Surf Ave
Brooklyn , NY 11224
(718) 946-2202

Não acredita, então olha aí também…

História do cachorro-quente

Anúncios

2 Respostas para “Dogão centenário

  1. sim taga cacrro guenti pra mir

  2. sim guerov cachorrto genti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s