Comida em campo

Esporte nos Estados Unidos é mais entretenimento, diversão, festa de que puramente disputa. Quando um americano compra ingresso para ir assistir a uma partida de qualquer um dos três principais esportes do país (basquete, beisebol e futebol americano – quatro se o hockey também contar), ele espera mais de que o jogo, mas também música, imagem, humor, dançarinas da torcida e, claro, comida. Dentro do pacote de entretenimento sempre há espaço para uma vasta gama de petiscos diferentes.

Batatas fritas, onion rings e cachorros quentes em jogo de beisebol

Em qualquer ginásio ou estádio do país há dezenas de lanchonetes e estandes de comida, para poder dar conta da demanda e matar a fome e a sede dos torcedores. São tantas opções e o atendimento é tão expresso que é difícil verem se formar filas intermináveis, por mais que quase todo mundo acabe comendo e muita gente pareça estar num piquenique de tanta coisa que compra. É comum não haver monopólio de uma única lanchonete, oferecendo uma variedade maior ainda de qualidade e atendimento.

Pequenos estandes costumam oferecer condimentos e acompanhamentos para os sanduíches

Até mesmo em jogos de futebol, no novo estádio do New York Red Bulls, por exemplo, há opções de comida para fazer um brasileiro acostumado com a ausência de opções no seu país ficar perdido. É uma boa compensação pelo futebolzinho fraco apresentado em campo.

Lanchonetes em estádio de futebol

O cardápio começa pelos basicões que aparecem em todos os jogos. Cachorros quentes, nachos, pretzels, batatas fritas, hambúrgueres. Em qualquer jogo é possível comer coisas simples assim. Todas as opções são sempre de comidas pesadas e gordurosas, mas isso deixa o gosto melhor, pelo menos.

Depois disso vêm as especificidades de cada lugar. Cada ginásio e estádio tem lojas próprias, e em alguns esportes costuma ter até uma disputa nacional para ver onde está a melhor comida. Nova York, na verdade, não consegue tanto mérito na disputa, que fica com cidades menos cosmopolitas e mais de raiz. Mesmo assim, com a inauguração do novo estádio dos New York Yankees, neste ano, foi grande a atenção dada à comida que seria oferecida ali.

É importante avisar que, como se espera tradicionalmente, os preços das comidas dentro do estádio são muito mais altos de que os encontrados em bares e restaurantes nas ruas. Um cachorro quente, por exemplo, pode chegar facilmente a U$ 5. Pelo menos a qualidade não deixa muito a desejar, e podem-se encontrar boas comidas dentro do campo.

E, mais importante de que tudo, sempre há cerveja para animar os torcedores…

Não acredita? Então olha aí também…

Comidas de estádio no NYT

Altos preços e muita gordura na NY MAG

Teste do beisebol no WSJ

Os melhores do futebol americano

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s