Pequena Itália para turistas

Italianos podem dizer que descobriram Nova York, já que Gioavanni da Verrazzano foi o primeiro europeu a chegar no território habitado pelos índios lenape, ainda em 1524. A viagem, entretanto, não rendeu mais que um rápido reconhecimento, e por mais que os italianos tenham uma forte marca na cultura da cidade no século XXI, foi somente a partir de 1880 que eles começaram a imigrar em massa para os Estados Unidos, especialmente para a Grande Maçã – em 1930, 20% dos nova-iorquinos tinham ascendência italiana, e no censo de 2000, eram cerca de 10%, quase 800 mil pessoas.

Massa com molho de tomate e shrimp ball no Vincent's

A comida italiana logo se espalhou pela cidade, e pode-se dizer que a maior parte dos restaurantes étnicos de Nova York são italianos, além de eles terem influenciado toda a alimentação com base em carnes e massas –  a boa comida italiana está em todos os cantos. Mesmo assim, um pequeno bairro no sul da ilha de Manhattan que recebeu os primeiros grupos de imigrantes no século XIX se consolidou como “pequena Itália”, um rótulo mais para atrair turistas de que para celebrar a cultura italiana.

Massa com molho alfredo e galinha grelhada

Little Italy atualmente é composta basicamente por uma rua central, a Mulberry, com alguns pedaços das transversais. Nela há basicamente lojinhas de suvenires e restaurantes italianos, nenhum grande restaurante italiano, na verdade. Nenhum critico ou guia de gastronomia da cidade indica que se coma em Little Italy. Os lugares se aproveitam apenas de turistas, que caem na clima de bandeiras coloridas, pratos simples e comida relativamente barata. Mas a maior parte serve comida sem graça.

Ambiente interno do Vincent's

Em busca de alguns dos originais da região, o Monstro fez um refeição no Vincent’s, um restaurante de mais de cem anos, teoricamente mantido por um mesmo grupo de italianos desde 1904. Fora da Mulberry, em uma parte de Little Italy cada vez mais tomada pela sempre crescente Chinatown, o Vincent’s baseia sua pequena fama em um molho de tomate encorpado e suave, bem saboroso.

O restaurante em Little Italy

O cardápio de almoço do Vincent’s oferece massas por preços em torno de U$ 10, o que é excelente. As atrações mais comentadas ali são as almôndegas e uma almôndega de camarão, que na verdade é uma bola de massa frita com recheio de pequenos camarões. As massas do restaurante são boas, servidas al dente e com ótimo sabor, e o molho de tomate é bom. O Monstro experimentou ainda uma massa com molho Alfredo, que estava encorpado e com bom sabor de queijo. Para uma região tão “armadilha de turista”, o Vincent’s não chega a fazer feio, mas é fácil comer pratos italianos até melhores e pelo mesmo preço em qualquer outra área menos turística da cidade.

Serviço:
Vincent’s Restaurant
119 Mott St
New York, NY 10013
(212) 226-8133
http://www.originalvincents.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s