Seis estrelas novas

O Michelin, o mais aclamado guia gastronômico do mundo, anunciou no início deste mês as novidades da sua edição de Nova York de 2011. A cidade ganhou seis novas estrelas em relação ao ano anterior, e totaliza agorá 77 estrelas.

Camarões com foie gras, entrada servida no Le Bernardin, um dos mais tradicionais restaurantes de três estrelas de NYC

A cidade continua tendo 5 restaurantes com três estrelas (que valem, por si só, uma viagem): Daniel, Jean Georges, Le Bernardin, Masa e Per Se.

São dez os restaurantes com duas estrelas (que valem um desvio na sua viagem): Os mesmos seis da última edição – Alto, Corton, Gilt, Gordon Ramsay at The London, Momofuku Ko – e as novidades Chef Table at Brooklyn Fare, Kajitsu, Marea e Soto.

E outros 42 restaurantes ganharam uma estrela (o que significa que é um ótimo restaurante em sua especialidade). Seis deles são novos na categoria: Aldea, A Voce Madison, The Breslin, Danny Brown Wine Bar & kitchen, Dovetail e Laut.

Nova York é a quinta cidade mais premiada do mundo pelo Guia Michelin, mas segundo a agência France Presse, é a “rainha da diversidade culinária”. Nova York ficar atrás de Tóquio (197 restaurantes com estrelas), Quioto (85), Osaka (65) e Paris (64). A cidade supera Londres (48) e Hong Kong (42).

Quinze tipos diferentes de cozinha recebem estrelas em nova York, desde a espanhola e a austríaca, passando pela iraniana, italiana, japonesa, as churrascarias ou os pubs ingleses.

Veja a lista completa dos restaurantes estrelados (PDF em inglês)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s