Risoto de camarão, pêra e gorgonzola

No mesmo dia da primeira visita ao Mercado da Lapa, logo ao chegar de volta à cozinha, o primeiro trabalho foi o de limpar o quilo de camarão comprado fresquinho por R$ 27. Como a esposa é alérgica a cascas de crustáceos, é preciso lavar bem e tirar toda casca, cabeça e patas, ficando apenas com cerca de 650 gramas de todo o quilo – o suficiente para duas refeições para duas pessoas.

A primeira foi um dos pratos mais repetidos e adorados em casa, um risoto de camarão. A cada vez que o prato  é feito, entretanto, tento mudar algo da receita, para não dar muita sensação de repetição e tédio. Dessa vez, por exemplo, foi um risoto de camarão com pêras e gorgonzola.

Tudo começa com o arroz arbório do risoto sendo preparado da formamais simples, com um pouco de cebola picada e usando um caldo de legumes. Paralelamente, é preciso refogar rapidamente os camarões temperados em um pouco de azeite, retirar da frigideira, refogar as pêras (com um toque de rum, para aproveitar o sabor deixado pelos camarões, deixar tudo separado. Quando o arroz está quase pronto, é só juntar pedaços de queijo gorgonzola (que também comprei no mercado), esperar derreter, e por último adicionar os camarões e os cubos de pêra ao risoto. Depois de mexer um pouco, está pronto.

Para dar um visual mais interessante, pode-se guardar parte das pêras e camarões para colocar separadamente por cima do arroz.

O sabor adocicado e a textura da fruta faz uma combinação excelente com os queijos “azuis”, como o gorgonzola. O camarão entra com destaque, se juntando bem a tudo isso.

Anúncios

3 Respostas para “Risoto de camarão, pêra e gorgonzola

  1. Adorei! Eu só faria a diferença de usar o caldo da casca dos camarões no caldo, mas como sua esposa é alérgica…! 🙂 Vc acha necessário cozinhar um pouco a pera antes pra não ficar duro os pedacinhos? Você adicionou alguma qtdade de açucar ao dourar as peras? Obrigada 🙂

    • Oi, Mariá,
      eu preferi não dourar os cubos de pera antes, e colocá-los crus no risoto.
      Isso deixa eles com uma textura mais “crocante”, que faz um contaste muito com com o queijo e o arroz.
      obrigado e um abraço
      daniel

      • Obrigada Daniel!! Seu blog é muito bom, perdi (ganhei!) vários horas lendo 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s