Parmegiana de bolacha

Sempre foi muito raro preparar frituras, ou qualquer coisa com óleo, em casa. O mais tradicional é usar azeite de oliva e grelhar ou assar os alimentos. Mas um dia desses quis usar o que havia sobrado do melhor molho de tomates do mundo para fazer um filé de frango à parmegiana, este clássico dos restaurantes que servem almoço executivo.

Além do molho próprio, um diferencial do preparo caseiro é que a capa crocante do filé de frango foi feita com bolachas, ou farinha de bolachas (registrando que e pernambuquês, bolacha é salgada e biscoito é doce). Usei bolachas integrais da Vitarella trituradas no lugar da farinha de rosca tradicional.

Todo o processo é bem conhecido e divulgado. O filé de frango (que usei inteiro, alto) é passado na farinha de trivo, em ovos batidos e por último na farinha de rosca, para empanar. Depois é só fritar em uma panela com pouco óleo (rasa) e em temperatura não alta demais (para poder cozinhas o centro do peito).

Depois de feita a carne, cobri com o molho de tomate reduzido e um pouco de queijo parmesão – servi com purê de mandioquinha.

Anúncios

Uma resposta para “Parmegiana de bolacha

  1. Recentemente eu fiz um parmegiana de bolacha, porém com filé mignon. Só que eu só usei o ovo e a bolacha, ficou legal. Preciso muito fazer esse melhor molho de tomate!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s