O prato nacional que vem da Índia

masala

Chicken Tikka Masala do Spice of India, em Londres

Em 2001, em uma palestra sobre a identidade inglesa no mundo do século XXI, o então secretário britânico de Relações Exteriores Robin Cook falou longamente sobre comida. Em vez de citar os famosos fish and chips ou as tortas de carne, ou mesmo os assados tradicionais de domingo, ele preferiu discorrer sobre a gastronomia de origem indiana, e declarou que um prato específico dessa culinária da antiga colônia inglesa é o “prato nacional britânico”, servindo até como símbolo do Reino Unido.

“O Chicken Tikka Masala é um verdadeiro prato nacional britânico, não apenas por ser o mais popular, mas porque é a ilustração perfeita da forma como a Grã Bretanha absorve e adapta influências externas. Chicken tikka é um prato indiano. O molho Masala foi adicionado para satisfazer o desejo que os britânicos têm por comer carne servida com molho”, disse.

Veja lista dos melhores restaurantes indianos de Londres

masala2Chicken Tikka Masala é uma grande mistura de culturas, sendo ao mesmo tempo um prato indiano e uma das comidas mais tradicionais da gastronomia inglesa. Apesar do nome e da forte influência externa, entretanto, o prato é uma invenção bem inglesa. É como o “bife à parmegiana” no Brasil, que apesar de não existir dessa forma na Itália, se tornou um dos pratos mais populares do Brasil ao adaptar uma receita internacional ao paladar local – é um prato indiano que não existe na Índia e virou o mais popular da Inglaterra.

Uma pesquisa realizada em 1997 atestava a popularidade dessa comida e dizia que 22% da população inglesa elegia o Tikka Masala como um dos pratos preferidos. Por anos foi o prato preferido dos britânicos, até ser atropelado por uma onda mais recente de moda comidas asiáticas da China e da Tailândia, que ganharam espaço por moda e baixos preços. Mesmo assim, o Tikka Masala continua listado entre os preferidos no país. Todo ano, 23 milhões de porções de Tikka Masala são vendidas em restaurantes indianos da Inglaterra.

Há mais de uma versão para a origem do Tikka Masala. Descendentes do Sultão Ahmed Ansari em Glasgow dizem que ele foi o criador, em 1970. Um restaurante de Essex reclama os mesmos direitos e dezenas de outros chefs também querem o crédito. Uma das lendas mais divulgadas sobre a origem do prato é a usada pelo político citado na abertura deste texto, de que nos anos 1970, o cliente de um restaurante reclamou que seu prato havia sido servido sem “curry”, termo usado para se referir de forma genérica ao molho na comida indiana. O chef teria jogado uma lata de tomates sobre o frango assado e servido novamente, criando o Tikka Masala. Apesar de a história ser replicada em vários lugares, não há registro oficial dela, e outros chefs reclamam a invenção como sua.

O Chicken Tikka Masala, chamado CTM pelos íntimos, é um prato de cubos de frango assados cobertos com um molho cremoso avermelhado bem temperado e picante. Além de não ter uma origem oficial, o Tikka Masala também não tem uma receita única, e pode variar em sua forma de preparo. O comum é que seja um tikka, um prato de pedaços de carne de frango marinados e assados, servido com um molho cremoso e picante – o quão cremoso e o quão picante pode variar. Em geral, o prato é feito com tomates, iogurte, creme de leite e especiarias de origem indiana.

Oficialmente, o frango deveria ser preparado na brasa, mas é possível adaptar a receita. Uma receita publicada pelo jornal The Guardian recomenda que o frango deve ser marinado em uma mistura de limão, iogurte, gengibre e alho. Usa-se temperos como páprika (mesmo que não seja um temepro típico indiano), cominho, garam masala (mistura de temperos indianos). A base do molho que acompanha o frango é preparada com cebola, gengibre, alho, creme de leite e tomates, tudo cozido e triturado. Os tomates dão cor e um sabor adocicado ao molho, sem se tornar dominante. Normalmente também se adicionam temperos como cardamomo, canela, cravo, pimentas e açúcar.

Parece trabalhoso e estranho para quem não é acostumado com preparar pratos de origem indiana. O método mais tradicional usado nas casas inglesas, entretanto, inclui passar no supermercado, comprar o frango e levar junto um pote de molho Tikka Masala, que é vendido pronto e só precisa ser adicionado à carne.

Veja a receita de CTM do Guardian

Leia o discurso de Robin Cook sobre o Tikka Masala

Anúncios

2 Respostas para “O prato nacional que vem da Índia

  1. Pingback: Um país de casas de curry | Monstro na Cozinha

  2. Pingback: Glossário – entenda o cardápio dos restaurantes indianos de Londres | Monstro na Cozinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s