A comida inglesa é a pior do mundo?

O subtítulo do livro “Comendo Londres” faz referência ao fato de que a gastronomia britânica tem fama de ser uma das piores do planeta.

Ao começar a conversar com as pessoas sobre o lançamento do guia, entretanto, muita gente no Brasil parecia desconhecer este estereótipo com a cardápio inglês.

Esta má-fama existe, é antiga e persistente.

Em 2009, quando o guia de turismo Lonely Planet resolveu fazer uma edição especial sobre comidas em viagens, todos os colaboradores do guia em todos os países foram convidados a votar nos melhores e piores do mundo. O Reino Unido ganhou com facilidade o título de pior comida. Nova York, Cingapura, Roma e Paris lideraram o topo do ranking, nesta ordem.

A própria concepção de “gastronomia” é muitas vezes colocada em oposição ao Reino Unido, e é comum ouvir piadas em que as pessoas perguntam de forma irônica: “Existe gastronomia na Inglaterra?”

Nesse contexto, uma frase do ex-presidente francês, Jacques Chirac, quase gerou um problema diplomático entre a França e a Inglaterra.

Sem saber que estava sendo ouvido por jornalistas enquanto conversava com o líder russo Vladimir Putin e o então chanceler alemão Gerhard Schroeder, em 2005, ele disse: “Você não pode confiar em um povo que cozinha tão mal assim. Depois da Finlândia, a Grã Bretanha é o país que tem a pior comida”.

“Comendo Londres” explica a origem dessa má-fama, fala sobre como a gastronomia inglesa evoluiu historicamente e chegou de fato a passar por períodos muito problemáticos, mas seu objetivo é mostrar que a má-fama é indevida.

É verdade que muitos pratos típicos dos ingleses são estranhos para o paladar brasileiro, mas mesmo eles são interessantes, e existe muita comida ótima ali.

Mesmo que exista um passado de comidas com qualidade questionável, muito mudou na Inglaterra toda e falar que come-se mal no país é um enorme exagero por cima de um estereótipo.

A ideia do livro é quebrar, mesmo que um pouco, a imagem estereotipada e superficial de que come-se mal na Inglaterra.

“Comendo Londres” está à venda nas grandes livrarias, como a Saraiva. Clique aqui para comprar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s